sexta-feira, 6 de julho de 2012

Comencrítica | O Espetacular Homem-Aranha

Após cinco anos, Peter Parker, um dos mais gaiatos heróis da Marvel, retorna às telas do cinema neste final de semana em O Espetacular Homem-Aranha. O reboot chega na tentativa de apagar da memória o fraco Homem-Aranha 3 e renovar a imagem do garoto aracnídeo. A mescla de origem dramática, ótimas atuações e saltos pelos prédios de Nova York resultam em um filme que deve agradar ao público.



O longa conta a história de Peter Parker (Andrew Garfield), um aluno marginalizado de uma escola do ensino secundário que foi abandonado por seus pais quando era garoto, sendo criado pelo seu tio Ben (Martin Sheen) e sua tia May (Sally Field). Como muitos adolescentes, Peter está tentando saber quem ele é e como se tornou a pessoa que é hoje. Peter também está tentando se aproximar do seu primeiro amor, sua colega da escola, Gwen Stacy (Emma Stone), e, juntos, eles terão que lidar com o amor, o compromisso e segredos. Quando a trajetória do Homem-Aranha entra em rota de colisão com o alter ego do dr. Curt Connors (rhys Ifans), o Lagarto, Peter tomará decisões que afetarão o rumo da sua vida, utilizando seus poderes para forjar seu destino, tornando-se um herói.

Como é de praxe em filmes de origem heróica, questões sobre a identidade e como se tornar o homem que está destinado a ser estão presentes no longa. A temática vem acompanhada de cenas fortemente emocionais e ligadas a grandes perdas. Mesmo sendo mais do mesmo, a sinceridade com que Garfield interpreta o personagem comove e, aos mais emotivos, é melhor se preparar para olhos marejados.

Mesmo sendo acelerado e sem muita complexidade, o roteiro é bem resolvido e a trama encaixa perfeitamente. Informações cruciais a respeito da criação do personagem são apresentadas de maneira satisfatória e os 90 minutos de filme passam voando em frente aos olhos. A história já é velha conhecida, mas, dessa vez, foi melhor executada do que na franquia anterior.





Aos fãs inverterados dos gibis, a personalidade do Lagarto pode ser um tanto quanto decepcionante, uma vez que, originalmente, o vilão é completamente bestial e violento. Vale lembrar, no entanto, que não há tempo no longa para gerar uma trama convincente com um vilão que só consegue raciocinar quando está fisicamente vulnerável. E, à exceção da cena no laboratório da escola, a inteligência humana do monstro é totalmente necessária e aceitável



Para compensar, o longa traz Gwen, o primeiro e verdadeiro amor de Peter. Não, o amor de verdade do Aranha não é a Mary Jane, a ruiva é só um "estepe" e aparece depois que Parker e Stacy tem uma separação trágica nos quadrinhos.

Na parte técnica, a fotografia é impecável. E aqui, não se fala apenas de excelentes cenas de ação e saltos de fazer perder o fôlego. Além dessas características, é perceptível o cuidado com planos de câmera, que fazem com que cada cena possa fazer parte de um álbum fotográfico. Na tentativa de trazer a parte mais íntima dos personagens, a câmera permanece em close e super close sempre que diálogos mais intensos acontecem.

Em meio a tantas coisas a se comparar, o mais inevitável dos tópicos é o protagonista. O que há para se dizer é rápido e simples: Andrew Garfield é o Peter Parker. Esqueça a eterna cara de bobo de Tobey Maguire, agora o Homem Aranha é moleque e nerd, tem problemas com as garotas, mas tem desenvoltura com o resto. Piadas e trejeitos trazem à tona o carismático herói habitante da Big Apple. O longa parece a transposição dos desenhos da década de 90 para a tela grande, e as paradas no ar com as clássicas poses do Aranha arrancarão, no mínimo, um sorriso de satisfação de quem não perdia um dia de aventura.

3 comentários:

  1. Gostei, fiquei com mais vontade de assistir.Bjos

    ResponderExcluir
  2. Fui assisti e adorei! De fato muito bom, uma ótima conbinação do humor, do drama e do heroismo.

    ResponderExcluir
  3. Assiti e adorei! O Aranha é isso mesmo: moleque,superinteligente,meio confuso e muito, muito engraçado!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...