quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O cinema e o fim do mundo

Por Thandy Yung

2012 chegou! E o mundo (ainda) não acabou. Mas, o que não falta no universo cinematográfico são obras sobre o fim dos tempos. Elas passam por catástrofes naturais, dão o ar da graça com invasões alienígenas ou, até mesmo, se focam em doenças que dizimam a vida humana. Alguns preferem mostrar o processo de destruição, outros mostram o mundo após o caos. Normalmente, foi algum humano idiota (cof, cof, o governo americano) que fez besteira. Mas, vamos à lista com as diferentes formas que os diretores de cinema encontraram para dar fim à humanidade.

Comecemos com nossos queridos ETs, que deram seus primeiros passos com a invasão pura e simples do planeta. Mas que nos últimos tempos - desde que se iniciaram os discursos Ecochatos, mais precisamente - decidiram que a humanidade simplesmente não merece ter o planeta que tem e, por esse motivo, será dizimada. Na lista, Independence Day (com o Will Smith derrubando um ET com um soco)e Guerra dos Mundos (Dakota Fanning INSUPORTÁVEL gritando a cada 3 minutos)contemplam os ETs malvados. Já O Dia que a Terra Parou traz um Keanu Reeves extra-terrestre membro do Green Peace.

Catástrofes naturais! Ah, nada melhor do que terremotos e maremotos par dar fim à humanidade. Para isso, nossa boa e velha amiga Estátua da Liberdade sempre sofre. O Dia Depois de Amanhã e 2012 são dois exemplos do mundo se acabando com a rebeldia da natureza devolvendo o sofrimento. 2012, a propósito, foi responsável por disseminar mundialmente a ideia de que o mundo estaria perto do fim, ou vocês vão me dizer que acompanhavam o calendário Maia?



O Núcleo também é de catástrofe (o núcelo da Terra é atingido e, por isso, o planeta para de rodar, perdendo seu campo magnético. A partir daí não consegue se proteger dos raios solares e o caos se instala) mas ganhou um parágrafo solo por integrar minha lista de traumas. Não existe na minha vida cena mais desesperadora do que os pombos MUITO LOUCOS porque o magnetismo da Terra está falhando. Sim, eu tenho PÂNICO de pombo e ver eles atancando todo mundo me deixa com o coração simplesmente disparado. Apesar dos malditos pombos, o filme é bem bacana, recomendo.

E, como não poderia faltar, temos uma animação na lista! Wall-E, da Pixar, mostra como a humanidade conseguiu destruir a Terra com a quantidade de lixo que produz. No mundo pós apocalíptico temos uma nave super confortável e toda a humanidade obesa e com os ossos atrofiados. Eu ainda poderia falar de zumbis clássicos, Eu sou a Lenda (que também se passa em 2012), Matrix e o Livro de Eli, mas esse texto já está muito grande e deixarei apenas os nomes no ar. #ficadica

Bejos!
Sigam-me os bons!
@thandyung e @centraldecinema

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...