quarta-feira, 15 de junho de 2011

Minha história com Potter

Por Lucas Madureira

Há pouco mais de 9 anos entrava em cartaz o primeiro filme da saga Harry Potter. Há nove anos eu tinha 11 anos de idade, a idade em que chega a carta da Hogwarts para os novos alunos. Acham que fiquei esperando a minha? CERTEZA! Mas, infelizmente, ela não chegou. Como assim? Que moleque idiota? Não sabe que é um filme? Eu sabia sim, mas fantasiar é sempre bom, ainda mais para uma criança. Além do mais, o que fez J. K Rowling além de fantasiar?

Continuando ... Nunca tinha ouvido falar de Harry Potter antes do primeiro filme. Igual a grande maioria das crianças da minha época, me apaixonei pela história. Li os livros freneticamente. Meu pai não comprava para mim, porque dizia que não queria que visse a história de um bruxo. Tinha que pegar emprestado com os amigos para continuar a minha saga com Potter.

Fui fazendo o possível. Estava no cinema a cada vez que Harry voltava às telas. Um livro/filme após o outro. A história estava cada vez mais emocionante. Lembro-me de ter baques ao saber da morte de personagens que me afeiçoei tanto. Aos que ainda não sabem o que acontece no último filme da saga, aconselho que preparem seu coração e arranjem alguns lenços. Rsrs

Lembro-me de ter me decepcionado com algumas coisas dos filmes, mas nenhuma delas me fez não querer assistir o próximo.

Agora, faltam 29 dias para ver o último e mais emocionante episódio da saga. Estou terminando de ler o livro Harry Potter e as Relíquias da Morte pela terceira vez. Quero que esteja tudo fresco na memória. Estou ansioso, triste e feliz. Ansioso para ver logo. Triste porque vai acabar. E feliz por acompanhar uma história tão bem construída e cativante. Fica aqui o relato de um fã apaixonado pela séria. Se Deus quiser, estarei na pré-estreia, dia 14 de julho, no cinema do Park Shopping – Brasília.

Sigam me no twitter: @lucasmadureira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...